RESOLUÇÃO DO PROFNIT


Estabelece normas de funcionamento da disciplina
Exame de Qualificação do PROFNIT/ Brasília.

R E S O L V E:


Art. 1º A disciplina Exame de Qualificação é obrigatória para discentes do Curso de Mestrado Profissional (PROFNIT, ponto focal: Brasília). O Exame de Qualificação é obrigatório para os alunos do PROFNIT. Os prazos para a inscrição no componente curricular, realização do exame ou do novo exame, em caso de reprovação, obedecerão aos prazos da CAI do Ponto Focal.


§ 1º Previamente ao Exame de Qualificação, o aluno deverá ter o orientador do Trabalho de Conclusão do Curso aprovado pela CAI, ter sido aprovado no componente curricular Seminário de Projeto de Mestrado, com o respectivo tema do Projeto de Trabalho de Conclusão de Curso.


§ 2º A escolha da modalidade de Projeto de Trabalho de Conclusão do Curso do PROFNIT é de responsabilidade do aluno e de seu orientador, mas deve ser homologada pela CAI.


Os modelos dos seguintes documentos devem ser apresentados, preenchidos e assinados durante a disciplina Seminário de Projeto de Mestrado.

  1. Carta de anuência do Orientador;
  2. Tema do Trabalho de Conclusão de Curso – PROFNIT;
  3. Plano de Trabalho de Conclusão – PROFNIT;


Art. 2º A disciplina Exame de Qualificação tem como objetivos: proporcionar ao discente a oportunidade de apresentar sobre seu objeto de trabalho perante uma Banca Examinadora e uma platéia para discussão pública de ideias; permitir que o discente apresente a justificativa e a hipótese central do projeto, metodologias, além de resultados preliminares; neste momento, torna-se imperativo a apresentação de um cronograma de trabalho, seguido da provável data de defesa de dissertação.

Art. 3º O Docente responsável pela disciplina e a coordenação nomearão uma Banca Examinadora composta por três (3) docentes: dois membros titulares - sendo obrigatoriamente um membro do PROFNIT NACIONAL, e um membro suplente. Discentes juntamente com seus orientadores devem sugerir por meio de um formulário ao menos cinco (5) nomes para a  montagem da Banca Examinadora.

§ 1º - Para a qualificação, o orientador do discente deverá entrar em contato com a Banca Examinadora e, assim definir a forma de entrega do texto escrito, seja ele impresso ou por via eletrônica e o formulário específico fornecido pelo Programa. Também fica a cargo do orientador encaminhar aos membros da Banca Examinadora a carta-convite e a Norma para Exame de Qualificação e Trabalho de Conclusão de Curso.

§ 2º Orientadores, co-orientadores ou docentes diretamente ligados ao projeto do discente não poderão ser indicados.

§ 3º - O formulário que contém as sugestões de nomes para a Banca Examinadora deve ser entregue para o docente responsável pela disciplina até quarenta e cinco (45) dias antes da data prevista da Qualificação.


§ 4º - A data prevista para o exame de Qualificação deve anteceder a data do final do semestre letivo prevista pela Universidade de Brasília. Esta data deverá ser exposta pelo docente responsável no primeiro dia de aula do semestre letivo.


Art. 4º O texto escrito da Qualificação deverá ser preparado utilizando-se o modelo disponível e com base em ampla revisão bibliográfica da literatura acadêmico-científica mais recente e relevante possível, preferencialmente nos últimos 5 anos.


§ 1º - Traduções e cópias diretas de outros textos serão consideradas plágio, implicando na automática reprovação do discente. 


§ 2º - O texto escrito, impresso e/ou de forma eletrônica, deverá ser encaminhado à banca examinadora com, no mínimo, 25 dias de antecedência à data prevista da apresentação.


§ 3º - O discente que não entregar o texto no prazo estabelecido será reprovado.


Art. 5º O tempo de exposição sobre o objeto de estudo não poderá exceder a 40 minutos e cada examinador terá 30 minutos para arguição, garantindo ao candidato igual tempo para a resposta. Em caso de reprovação no primeiro exame de qualificação, o aluno poderá repeti-lo apenas uma vez no prazo máximo de seis (6) meses após a realização do primeiro exame.


Art. 6º A menção final terá caráter qualitativo, onde o discente será julgado aprovado ou reprovado por cada membro da Banca Examinadora para o texto escrito, a apresentação oral e defesa da apresentação oral.


Art. 7º A avaliação da Banca Examinadora levará em conta os seguintes aspectos:

  1. Domínio e capacidade de compreensão e de análise crítica do tema abordado;
  2. Adequação do tempo de exposição, qualidade e clareza da apresentação;
  3. Adequação das referências bibliográficas utilizadas.